Amphenol

Blog

Desafios e oportunidades da mobilidade elétrica no Brasil

22 de fevereiro de 2022

Em um cenário favorável e de estímulo, até 2035 mais de 60% dos automóveis nas ruas serão eletrificados. Esta é a estimativa prevista quando falamos de mobilidade elétrica no Brasil.

No mundo, os automóveis movidos a combustão são responsáveis por 23% das emissões de poluição em todo o planeta. A mobilidade elétrica se apresenta como a solução mais sustentável atualmente.

Para alcançar a previsão e transformar essa tecnologia no país há diversos desafios e oportunidades que devem ser abraçados pelo governo e pelas montadoras. Saiba mais abaixo!

PRINCIPAIS DESAFIOS DA MOBILIDADE ELÉTRICA NO BRASIL

Dados apontam que há apenas 73 mil veículos elétricos em circulação no Brasil, porém o mercado segue em crescimento. Para que o setor possa atender os consumidores de forma totalizada, fazendo com que este crescimento continue, existem alguns desafios.

Dentre eles separamos os dois focos principais que também podem ser observados como oportunidades de desenvolvimento. Confira:

AMPLIAÇÃO DA REDE DE RECARGA

Em um país continental como o nosso, oferecer uma rede ampla de recarga se apresenta como um dos principais problemas a ser resolvido para que a mobilidade elétrica continue a crescer.

Sem eletropostos para o abastecimento destes veículos, viagens mais longas se tornam praticamente impossíveis.

Segundo a Associação Nacional de Veículos Automotores (Anfavea), será preciso investir R$14 bilhões em uma infraestrutura pública de abastecimento para oferecer uma média de 150 mil eletropostos, número estimado para que os veículos elétricos transitem com tranquilidade para longe de casa.

Leia também: Veja quais são as previsões em mobilidade elétrica no país

VELOCIDADE DE CARREGAMENTO

Outro desafio para a mobilidade elétrica no Brasil é aumentar a velocidade de carregamento. Atualmente, um carro elétrico necessita de cerca de oito horas para uma recarga completa em uma tomada de 220 volts.

A demora no tempo de carregamento é um dos empecilhos que precisam ser vencidos para tornar o veículo movido a eletricidade mais atraente para o consumidor que usa o carro diariamente.

Leia também: Como escolher um conector de qualidade para veículos elétricos

A solução é ampliar a autonomia dos veículos, diminuindo a frequência com que é preciso abastecer o carro elétrico, hoje com capacidade para rodar entre 120 km e 180 km por carga. Para resolver a questão, as montadoras estão apostando na variação da recarga.

Os elétricos modernos admitem recargas em três modalidades: a normal, de oito horas; a semirrápida, com três horas e meia; e a recarga rápida, em apenas 15 minutos, que exige uma infraestrutura elétrica mais robusta.

Linha de Plugs, Inlets e Electronic Locks da Amphenol para recarga de carros elétricos

A Amphenol também está presente no mercado de soluções para a mobilidade elétrica no Brasil, incentivando a ampliação da frota brasileira com produtos com tecnologia de ponta e eficiência máxima.

A linha de carregadores veiculares é moderna, com alta capacidade de potência e voltagem, atende às normas SAE ou IEC.

Entre as inúmeras vantagens, a montagem é feita no Brasil e é disponibilizada a adição opcional de sensor de temperatura para maior proteção durante o carregamento.

Acesse o site para conhecer as nossas soluções para carros elétricos, ou faça um contato conosco para solicitar conectores personalizados para a sua demanda.

 

 

Receba nossas novidades

Ao se cadastrar você concorda com nossos termos de política de privacidade.