Amphenol

Blog

5 previsões para o mercado dos provedores de internet para 2022

8 de novembro de 2021

Nos últimos anos, o mercado nacional de banda larga tem apresentado ótimos resultados, mantendo o crescimento acelerado. Segundo a última pesquisa TIC Domicílios 2020, durante a pandemia o número de usuários de internet no Brasil chegou a 152 milhões e deve continuar aumentando.

Estes bons ventos que sopram abrem novas possibilidades aos provedores de internet do país. Com a chegada do 5G, as previsões para 2022 são ainda mais positivas.

Veja, a seguir, quais são as expectativas para esse mercado e comece já a planejar como explorar cada uma delas no seu negócio.

  1. Vem aí a tecnologia 5G

Com a realização do leilão de licitação da tecnologia 5G no Brasil no segundo semestre de 2021, a chegada da tecnologia no país está prevista para meados de 2022 e promete ser uma grande oportunidade para os provedores de internet.

Segundo um estudo realizado pela IDC, especialista em pesquisa e consultoria da área de TI, o uso do 5G em território brasileiro deve movimentar cerca de 22,5 bilhões de dólares em negócios entre empresas (B2B) até 2024.

O estudo mostra que novas tecnologias, como IoT – Internet das coisas, serviços de cloud pública, big data e segurança, ganharão ainda mais destaque, especialmente a partir de 2022. Entre 2020 e 2024, está prevista uma CAGR – taxa de crescimento anual composta de 179%.

Porém, não serão somente os grandes players que ganharão com a chegada do 5G no país. As possibilidades são inúmeras e deverão estimular todo o setor, incluindo os provedores ISPs.

Leia também: Os impactos, as vantagens e as previsões da tecnologia 5G no Brasil

As vantagens da nova tecnologia de conectividade, que incluem alta velocidade e qualidade de transmissão de dados irão favorecer a expansão do acesso para áreas mais remotas, promovendo o crescimento de setores que precisam de conexões contínuas.

  1. Fibra óptica se manterá no domínio de oferta de conexão

Atraente por causa da sua velocidade e estabilidade, a internet via óptica vem de uma crescente que a colocou no topo dos métodos de conexão mais procurados – e ofertados.

Um levantamento da TIC Provedores, pesquisa do Comitê Gestor da Internet no Brasil, apontou que, até 2017, 78% dos provedores ofereciam o serviço de fibra óptica.

A pandemia e o consequente aumento da demanda domiciliar por conexões mais potentes ampliou esse número. Até 2020, outros tipos de tecnologia perderam espaço e, atualmente, 91% dos provedores de internet comercializam planos de conexão via fibra óptica. O crescimento desse percentual é uma das previsões para 2022.

  1. Pequenos provedores de internet continuarão liderando o crescimento

Um levantamento realizado pela consultoria Teleco e divulgado pela Associação Brasileira das Prestadoras de Serviços de Telecomunicações confirmou que os pequenos provedores estão liderando o mercado, respondendo por 44% de participação no mercado de banda larga fixa.

A título de comparação, a Claro responde por 25,5% do mercado, a Vivo por 16,6% e a Oi por 13,5%.

Em todo o Brasil, são mais de 10 mil provedores de internet de pequeno porte, beneficiando o setor com mais competitividade, até mesmo entre as grandes operadoras.

  1. Aumento do acesso das classes C e D

O mundo está cada vez mais digital e se a internet domiciliar era um luxo para poucos, hoje ela é necessidade para todos, seja para trabalho, dinâmica de relacionamentos, consumo de informação, cultura e entretenimento.

Além dessa premência, os preços mais acessíveis de smartphones, TVs inteligentes e outros dispositivos estão motivando as classes menos abastadas na pirâmide financeira a procurarem por planos de internet.

Para atingir essa fatia, os provedores de internet devem analisar com atenção quais são as condições e hábitos deste público para acertar na oferta de planos acessíveis e com qualidade, que incluam serviços de streaming de vídeo ou áudio.

  1. Crescimento dos serviços de streaming

Falando neles, os serviços de streaming de filmes, séries e músicas vão se tornar mais populares do que nunca. Por ser um produto ainda recente no país, há ainda muito potencial de crescimento.

Uma pesquisa da consultoria em negócios Sherlock Communications em seis países da América Latina, incluindo o Brasil, no final de 2020, apontou que 92% das pessoas assinam um serviço de streaming desde 2019; 70% incluíram um serviço em 2020 e 37% no Brasil assinaram um serviço pelo conteúdo exclusivo da plataforma.

Neste sentido, os provedores de internet podem estudar o seu público-alvo para oferecer, inclusas de forma adicional nos planos de banda larga, assinaturas dos serviços mais procurados. Outra possibilidade é buscar parcerias com integradoras de conteúdo.

Soluções em conectores de alta velocidade Amphenol

Amphenol está preparada para atender a alta demanda por um mundo mais digital. Com experiência líder em engenharia, design e fabricação, somos a principal fornecedora mundial de produtos de comunicação de banda larga para redes de dados e vídeo a cabo, satélite e telco.

Para conhecer as soluções e saber como podemos ajudar o seu projeto de transferência de dados, nos envie uma mensagem.

Acompanhe a nossa página no LinkedIn para conhecer os benefícios das nossas linhas e ficar por dentro das novidades e lançamentos da marca.

Receba nossas novidades

Ao se cadastrar você concorda com nossos termos de política de privacidade.